O ano começou?


 
O ano começou?
 
Diógenes Marcondes
O dia-a-dia que nos consome, a correria, o vai e vem…. parece que começou um novo ano.
 
Apesar de que no Brasil o ano só começa depois do Carnaval.
 
Mas, algumas coisas não param e nem se importam se é o ano novo ou o velho.
 
A violência é a mesma, ou pior.
Veja o Quênia! Eles estão usando um nome bonito:"Limpeza Étnica", que vi no livro "O Caçador de Pipas", para nomear o que não tem nome. Porque assassinato não pode ser, genocídio também não.
Então, essa coisa horrível tem que se chamar assim.
As pessoas sendo massacradas, o que não é novidade, por um grupo que está no poder incitado por outro que quer subir ao poder. 
E chamam isso de Limpeza Étnica? Novos nomes pra velhas atrocidades.
 
É… 2008 mal começou. E começou mal! 
 
Sabemos que a crise mundial que vivemos é a pior da história humana, que não vai acabar de uma hora pra outra só porque o calendário virou mais um ano.
 
Para mudar precisamos de atitude, individual e coletiva!
Precisamos reconhecer que o mundo é totalmente interdependente.
E que, a fome e a miséria no Quenia, no Congo, no Nordeste Brasileiro,  seja em qual parte deste Planeta ela estiver, afeta a todos!
Precisamos mudar individualmente.
 
Não é só questão de não praticarmos o mal. Mas é questão de sermos diferentes e praticarmos o bem, de sermos proativos na construção de uma cultura de paz.
 
A proposta de construir um mundo que seja capaz de ser unido, aonde reine a paz, não é tarefa de outro povo senão nós os seres que o habitamos neste momento.
 
Não há outras pessoas para fazer isso. E se não começarmos agora, talvez não haverá no futuro outras pessoas que poderão fazê-lo
Temos nas mão a maior chance que a humanidade já teve para construir a PAZ. Não podemos delegar essa responsabilidade para os outros. Pois só somos nós, e o momento é agora.
 
 
Para essa tarefa a humanidade foi convocada nos meados do Século IXX, quando as Figuras Trascendentais do Báb e Bahá’u’llah os profetas fundadores da Fé Bahá’i, anunciaram o que já era esperado com grande ansiedade pelos santos, visionários, devotos e homens justos de todas as partes do mundo e de todas as origens religiosas. É chegada a hora da unificação do Planeta Terra, que já tinha passado por diversas fases de experiências de unidade, a Família, o Clã, a Tribo, a Cidade, a Cidade-Estado e estava vivendo a forma de unidade de nações, trazida pelo Profeta, fundador do Islã, Maomé.
 
 
A convocação foi exatamente esta:
"Haverá de chegar o tempo em que a necessidade imperiosa da convocação de uma vasta e ampla assembléia de homens será universalmente percebida. Os governantes e os reis da terra terão de tomar parte dela, e, participando nas suas deliberações, deverão considerar métodos e meios capazes de assentar os fundamentos para a Paz Maior, mundial, entre os homens". ´- Bahá’u’lláh
 
 
 
 
 
Aos homens deste planeta, na época, restou a escolha de atender imediatamente a este chamado ou relegar às gerações futuras que o fizessem. Então seria por uma decisão inteligente ou por dores e sofrimentos inimagináveis que a humanidade chegaria ao próximo estágio de sua evolução?
 
Parece que a escolha foi pelos sofrimentos, guerras, misérias, atrocidades.
 
Nesses poucos mais de 160 anos, milhões devidas foram ceifadas em nome de ideologias separtistas, em nome de preconceitos raciais, em nome do poder e do dinheiro.
 
Mas será que a Convoção feita pelos grandes Luminares Báb e Bahá’u’llah encontraram alguma resposta?
 
Podem ter certeza que sim. Hoje são mais de 7 milhões de pessoas em todo o mundo, vindos das mais diferentes origens, tanto religiosas como geográficas e étnicas, formando uma comunidade mundial unida, que se apresenta ao mundo para investigação de que a unidade é possível, quando se respeita as diferenças.
 
É a verdadeira Unidade na Diversidade.
 
 
 
 
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s