Educação, a chave dos tesouros humanos


Educação, a chave dos tesouros humanos

* Luís Henrique Beust

Dia Mundial da Alfabetização, 8 de setembro, o que esperar de uma país que investe pouco em educação? O Brasil apesar de suas riquezas naturais, vem enfrentando ao longo dos séculos, sucessivas crises sociais, políticas e econômicas que se refletem em sua sociedade conduzindo-a a uma queda crescente dos padrões de qualidade de vida. Aumentam, com isso, a fome, a miséria, o desemprego…reduzindo os valores morais a um plano secundário.

A Comunidade Bahá’í    www.bahai.org.br       acredita que "a capacidade de ler é um direito fundamental e privilégio de todo ser humano."  A participação em programas de alfabetização realizados por organizações governamentais ou não-governamentais é uma forma para contribuir com o crescimento do nosso país.

Assim, o caminho para o fim de tantos conflitos principia na educação da humanidade, que permitirá a descoberta de suas potencialidades – as quais estabelecerão gradualmente um novo mundo, almejado por todos nós, cidadãos mundiais. Disse Bahá’u’lláh, profeta fundador da Fé Bahá’í: "Considerai o homem como uma mina rica em jóias de inestimável valor. A educação, tão somente, pode fazê-la revelar seus tesouros e habilitar a humanidade a tirar dela algum benefício", apresentando, assim, uma das premissas fundamentais para a evolução do ser humano.
—————————

* Luís Henrique Beust, Diretor Acadêmico do Centro Educacional Bahá’í Soltanieh
E-mail: ascom@bahai.org.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s